Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Não há palavras

Junho 20, 2017

Nuvem

19366168_1089869984447218_8131155977747762531_n.jp

 

Saímos no domingo da nossa Nuvem muito cedo, ainda não eram 7h da manhã.

Quando às 9h ouvimos as primeiras notícias na rádio, nem queríamos acreditar. Ouvíramos na noite anterior um balanço de 19 mortos num incêndio que prometia não ter precedentes. Já ia em mais de 30.

À medida que nos fomos aproximando do nosso destino, o número de mortos e feridos foi aumentando exponencialmente.

E, não conhecendo ninguém, tomámos aquela dor como nossa. Doeu tanto pensar que a maioria daquelas pessoas perdeu o trabalho de uma vida. Mas pior. A maioria delas perdeu pais, filhos, irmãos, sobrinhos.

Famílias inteiras que, tal como nós, saíram de casa para descansar e ter um momento de lazer, ficaram ali, na estrada. Todos.

Não sei de quem é a culpa. Ou melhor, acho que não há um culpado sozinho. Mas sei que isto assim não pode continuar. Não podemos todos os anos, nesta altura, temer em saber quantas mortes iremos chorar.

Choramos todos. O país está de luto. Muitas pessoas ficaram com a vida destruída. Vão de precisar de tanto apoio.

Um obrigado aos bombeiros. As fotografias que temos visto mostram que fazem aquilo que (já) não podem. Mas continuam lá. A lutar não por eles. Mas por todos nós.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D