Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Seg | 21.01.19

#10yearchallenge

Nuvem

Temos assistido nas redes sociais ao desafio do #10yearchallenge, que basicamente consiste em colocar uma foto de há 10 anos atrás e outra de agora. Mais do que percebermos as diferenças físicas (em alguns casos não tão vigentes) acho que é importante refletir se há 10anos atrás nos víamos onde estamos hoje. Se era isto que queríamos, que sonhávamos para nós...

 

Há 10 anos atrás estava na primeira época de exames da faculdade. Sonhava em ter trabalho, pelo menos, em Portugal. Não ter de emigrar seria uma vitória. Eram os primeiros meses longe da família. Confesso, não foram fáceis... Mas eles eram a o meu pilar...Voltava todas as sextas -feiras para eles.

Namorava há quase 4anos com o M. e estávamos a aprender a gerir a distância na nossa relação. Houve momentos em que quase não conseguimos...mas sonhava eu que o amor venceria.

Já tinha um blog. Mas escrevia muito esporadicamente. A paciência era pouca..e a vontade por vezes faltava.

Os amigos? Bom...alguns perderam-se quando tive de sair da cidade. Os que interessavam continuavam a estar lá, não importava a distância.

Tinha já criado o meu grupo de amigas da faculdade.. Éramos 4. Duas estavam em casa, eu e outra estávamos deslocadas.

 

10 anos depois? Consegui trabalho não só em Portugal como o mais perto possível de casa. Se foi fácil? Não. Estive um ano quase a trabalhar como voluntária (ganhar zero!!) e depois mais um ano com contrato precário...mas consegui. Consegui o emprego que era bom demais para ser verdade. O emprego que me permitiu continuar em casa com os meus. Um emprego que não tem preço.

Tenho um blog que me preenche muito. E que me faz querer escrever todos os dias. Cada vez mais!

A minha família continua a ser a minha base. Estiveram sempre lá quando mais precisei...e continuam a estar. Sempre e incondicionalmente.

O M... Bom, 10 anos depois, estamos quase há 14  juntos! Casados há quase dois anos e meio e com um filho lindo de três meses. Não há como descrever tamanha felicidade. Apenas que é melhor ainda do que eu alguma vez sonhei!...

Os amigos de infância? Continuam. Porque são de sempre. Porque não há tempo nem distância que ganhem a uma verdadeira amizade.

As amigas da faculdade? Pois que se mantêm. Uma delas deixou de ser apenas amiga. É a minha irmã. A madrinha do piolho. Dizem que os amigos da faculdade são para sempre. Também me parece!

 

Assim sendo, neste #10yearschallenge, só posso dar graças. Só posso sorrir. Só posso sentir-me abençoada. Porque, há dez anos atrás, nunca nos meus melhores sonhos, imaginei ser tão feliz como sou hoje!

2 comentários

Comentar post