Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

24.07.18

Nas Nuvens, ela está lá!

Nuvem
  16 anos passaram desde que nos deixaste. 16anos passados, sei que se pudesse pedir um desejo, seria que aqui estivesses agora, para ver este piolho que aí vem e que, com certeza, seria uma luz nos teus olhos. Já o disse: a saudade não se atenuou com o passar do tempo. Apenas aprendo, todos os dias, a lidar com ela. Ao ouvir esta música que a Carolina Deslandes fez para o avô, percebi que podia ter sido escrita por mim, para ti. ❤ Sei que estás a olhar por mim. Nas nuvens, (...)
06.12.17

Do sentir saudades

Nuvem
Esta é uma altura mágica. Uma altura que adoro. Que os meus olhos sorriem só de olhar para as luzes e toda a magia inerente. Mas esta também é uma altura de saudade. Saudade de quem já não está. Nestes dias tão frios mas com um sol a querer aquecer, lembro-me sempre de, há muitos anos atrás (mais de 20!) aproveitar estes dias com ela e irmos às compras. A pé, pela cidade fora, comprava as prendas para oferecer. Mas ela oferecia não o que era bonito. Mas sim o que toda a (...)
24.07.17

Frases que ficam #3

Nuvem
A razão por que perdemos pessoas de que gostamos é para ficarmos mais gratos pelas que ainda temos."   O Poder das Pequenas Coisas, Jodi Picoult     No dia em que se assinalam 15 anos que partiste, esta frase bateu em mim. É verdade que partiste bem cedo de mais. E é verdade que, desde que te perdi, passei a dar mais valor a quem ficou. Mas continuas a fazer-me falta. Continua a não existir ninguém que colmate a tua falta. E continua a doer já não ouvir a tua voz ou sentir o teu (...)
13.03.17

Às vezes tenho muitas saudades

Nuvem
Ou melhor, tenho sempre, todos os dias. Mas há dias em que são mais difíceis de suportar. Quando vejo um filme ou uma série com a morte de alguém que se ama, lembro-me automaticamente dela. As saudades não se dissipam. E não ficam mais fáceis de suportar, com o tempo. Não se atenuam sequer. Aliás acentuam-se. Porque quanto mais tempo passa, mais tempo passa sem ela. Já tenho mais tempo de vida sem ela. E essa ideia é difícil, tão difícil, de assimilar. Mas ter tantas (...)
24.11.16

A saudade aperta

Nuvem
Tenho saudades dela. Muitas. Já passaram alguns anos. 14, para ser mais precisa. Ela já não conheceu o maridão nem me viu crescer. Tinha eu 12. Disseram-me sempre que com o tempo ia ser mais fácil. Que seria mais fácil de suportar. Não é. A saudade não diminuiu. Apenas se foi atenuando. Mas ao mínimo sinal, à mínima lembrança, dói. Dói muito. Era uma pessoa que não gostava de receber presentes mas adorava dar. Por esta altura, já teria ido comprar quase todas as prendas (...)