Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

26.11.20

Violência contra as mulheres

Nuvem
Ontem, no dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres, toda a internet se inundou de fotos como esta ou do mesmo género. Tudo foi apregoado, o respeito foi pedido. Ontem, eram 20 as mulheres mortas em Portugal só este ano em crimes de violência doméstica.   Hoje, começa-se o dia com esta notícia:   São agora 21. E, não são apenas um número. Porque há filhos, mães, pais, tios que perdem uma pessoa que amam.   E assim, percebe-se o porquê de ter (...)
06.08.20

A Serra da Estrela no Verão

Nuvem
Vivemos relativamente perto da Serra da Estrela, mas costumamos ir lá é no Inverno, quando há neve. Confesso que com calor, talvez há mais de vinte anos que não ia lá! Mas este fim-de-semana fomos passear os três por lá, e que bem soube! No caminho fomos vendo várias lagoas que nos deixam logo encantados. O ar que ali se respira... é de outro nível.   Começámos por ir ao à praia fluvial do Vale do Rossim, a praia mais alta de Portugal! Apesar de não ter uma zona relvada (...)
16.03.20

Das mães perfeitas que andam por aí...

Nuvem
  Tenho visto comentário de mães muito indignadas com outras mães e pais por estes dizerem que não sabem como vão aguentar os miúdos 1 mês (pelo menos!) fechados em casa. Essas mães tão perfeitas dizem que os pais que se queixam é porque nãop assam os fins-de-semana com os filhos e não estão habituados a ter que cuidar deles.   E nem em tempos como este a estupidez e a maldade tiram quarentena!   Eu sou uma dessas mães que se queixou e queixa. Eu sou uma dessas mães que (...)
17.02.20

Da paixão que não nos pode cegar

Nuvem
  Qualquer amante de futebol já disse asneiras no estádio. Já chamou este e aquele ao árbitro. Já vociferou contra os adversários. É mau? É.  É o calor do momento....É. Mas é também o deixarmos a decência e a educação fora do estádio.   Mas quando deixamos valores, aí não é só mau. É ridículo. Sou adepta mais do que confessa do FCPorto mas não escrevo isto por essa razão. Escrevo enquanto cidadã. Aquilo que aconteceu ontem em Guimarães envergonha-me. Enquanto (...)