Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Sex | 25.11.16

A escolha do vestido de noiva

Nuvem

Escolher o vestido de noiva era uma das minhas maiores dores de cabeça. Porque sabia exatamente o que não queria.

Sempre quis casar, sempre sonhei com o meu vestido. Mas nunca com vestido de princesa. Nada de tules, folhos ou rendas. Nada de saias muito rodadas ou em balão. Nada de lençóis a caír muito justos.

E isso levantava-me um problema: quase todos os vestidos são algo deste género. Do que não gosto.

Antes de ir a lojas, fiz uma pesquisa pelos sites das principais marcas de noivas. Pronovias, San Patrick, Rosa Clará e Aire Barcelona. E, foi neste último, que vi um e pensei: é este.

Quando fui à loja, a primeira coisa que me disseram foi que quase nunca o que sonhamos é o que levamos e que poderia não me ficar bem, não assentar bem no meu corpo. Mas eu sabia que tinha de ser aquele. Simples e elegante. Foi amor à primeira vista. E, tudo na minha vida tem sido assim. Não há amor como o primeiro.

Experimentei alguns 20 antes de chegar ao meu. E continuava com a mesma opinião.

Quando experimentei, soube que tivera sempre razão. Aquele era o meu vestido. Tinha de ser:

2016_ORNELA_AIRE_BARCELONA_2.jpg

 

2016_ORNELA_AIRE_BARCELONA_3.jpg

 

Foi feito apenas um pequeno ajuste, que foi pôr na cintura a mesma pedraria que no pescoço. A cauda era amovível, o que na hora de dançar deu um jeitão. Muitos não gostarão, mas este foi o meu vestido. E foi o de sonho. E nunca me vou cansar dele..

LM0190 (Small).jpg

 

 

4 comentários

Comentar post