Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Sex | 29.11.19

Desafio de escrita dos pássaros #12

Aqueles pássaros não se calam

Nuvem

thumbs.web.sapo.io.jpg

 

 

Está um lindo dia para ir passear. O sol já brilha alto e, apesar de ainda nem 9h da manhã serem, já estão 20ºC.

Pego nas chaves de casa, no telemóvel e numa garrafa de água e vou.

Gosto de passear todos os dias de manhã. Desde que me reformei, há mais de 6meses, que faço questão de sair de casa logo de manhã e ver. Ver a azáfama das pessoas que vão trabalhar, ver os lojistas que chegam para começar um novo dia, ver as crianças na escola... é a ver que também se aprende, e eu acho que nunca se é velho para aprender. Quero aprender até ao fim dos meus dias!

Ao passar no jardim, já está um casal apaixonado a namorar no banco. São jovens, talvez 15anos. Também eu ali namorei, naquele mesmo banco. Aquele foi o jardim onde dei o meu primeiro beijo, ao grande amor da minha vida. Ele partiu há dois anos e ainda dói. Tenho saudades, muitas. Mas a vida tem de continuar não é? Consola-me saber que, onde quer que esteja, está com certeza há minha espera.

Começo a ouvir um chilrear ensurdecedor vindo de um arbusto perto de mim.

- Então mas aqueles pássaros não se calam? Estão malucos? - penso para mim. Contudo, acerco-me para verificar.

E, qual não é o meu espanto quando vejo um ninho onde estão passarinhos bebés, acabados de nascer diria eu, a pedir comida.

 

O milagre da vida a acontecer!

 

 

 Eu bem disse que estava um lindo dia!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Nuvem

    02.12.19

    é mesmo...o milagre da vida a acontecer
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.