Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Sex | 10.04.20

Desafio de escrita dos pássaros #2.10

Não tenho tempo para te aturar.

Nuvem

thumbs.web.sapo.io.jfif

"Não tenho tempo para te aturar." - era isto que gostava de gritar ao meu chefe. Gritar bem alto, para ver se entende de uma vez por todas!

Pede-me incessantemente coisas que têm de ser feitas para ontem, desde que estou em casa em Teletrabalho, para poder acompanhar os meus filhos. A minha mulher que é enfermeira, deixou de vir dormir a casa para não nos pôr em perigo. Somos só nós os 3. Sempre.

Tendo 2 e 5 anos, está a ser difícil cumprir um horário de trabalho "normal" quando os tenho sempre a pedir atenção ou, quando estão a brincar os dois, e dou conta que estão a destruir metade da casa! Peço-lhe compreensão e digo que faço o meu trabalho nas horas em que eles fazem a sesta e depois à noite. Não sou irresponsável, sei quais as minhas obrigações. Mas também não sou de elástico e muito menos tenho mais do que duas mãos.

E fazer reuniões? Tem sido um circo, com eles a quererem trepar como macaquinhos pela minha cadeira para dizerem olá a quem está do outro lado. Bem que tento explicar que o Pai está a trabalhar e que não podem fazer barulho... mas é inevitável eles quererem chamar a atenção.

Estamos há 22 dias fechados. Sem nunca sair. É a minha mulher que, mesmo entre turnos de 12h, nos vem deixar as compras à porta. O Guilherme, o nosso menino de 2anos, é asmático e tem muitos problemas respiratórios. Não podemos correr riscos. Nenhuns.

 

Por isso, queria poder gritar com o meu chefe. Estar em teletrabalho nestas condições é muito pior do que trabalhar na empresa horas seguidas. Porque temos obrigações de trabalho. Mas as familiares, são sempre as que mais importam.A minha mulher está a dar a vida por todos nós.

Eu, estou aqui a esfalfar-me para ser pai e mãe e professor, e educador e tudo.... estou cansado mas ela ainda está mais.

 

Por isso, não tenho tempo para te aturar!