Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

Ter | 14.01.20

Sabugal e Sortelha, Check!

Nuvem

Quando era pequena, os meus pais levaram-me a fazer a Tour das Aldeias Históricas de Portugal. Já as visitei depois disso, mas aqueles passeios ao fim-de-semana eram tão bons que nunca mais os esqueci!

Com o pretexto de ir visitar o "Maior Presépio Natural" que estava no Sabugal até ontem (no último dia, mas o que conta é ir!), lá fomos começar estes passeios que também queremos fazer com o Piolho!

 

 

 

Começámos por ir ver o Presépio e é giro. Confesso que me soube a pouco...se a "exposição" fosse maior não se perdia nada! E apesar de ser o último dia, havia imensa gente, inclusive excursões. Vale apena!

Depois, passámos pela cidade e subimos até ao Castelo. É necessário pagar para entrar (2€) e depois dá para subir toda a muralha. Acabei por não subir para ficar com o Piolho e só o M. fez a visita. Contudo, valeu apena. O Francisco nunca tinha estado num sítio tão alto e grande e era vê-lo muito admirado a ver o Pai subir tão alto e a olhar para cima...

82813753_570871570426252_5885085027884072960_n.jpg

Acabou por lanchar sentado no pelourinho da cidade (miúdo chique este! ) e decidimos ir também a Sortelha, a poucos Km's dali.

 

Sortelha para mim é das aldeias históricas mais bonitas. A aldeia está super limpinha e cuidada, e quando entramos na muralha, parece que sentimos aconchego, que nos sentimos bem ali. É uma sensação difícil de explicar mas muito saborosa!

Tem uma vista linda e imponente e também ainda lá tinham exposto o presépio com muitos animais, que é o que o Piolho mais gosta, por isso estivemos com a ele a fazer festinhas a um galo de barro mais de cinco minutos 

Acabou por ser uma tarde muito bem passada que o deixou super feliz. Adormeceu na viagem para casa de tão cansado, mas acordou tão bem disposto.

 

Podem dizer-nos que ele ainda é pequenino e que não se vai recordar de nada destas visitas. Mas nós queremos acreditar que estamos a criar memórias. Que, no fundo, aquilo fica lá na cabeça dele. E só por o ver sorrir assim, vale tudo!

7 comentários

Comentar post