Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

15.01.19

Cartas para ti #4

Nuvem
Meu amor, És o meu amor maior. És realmente o primeiro e o último em que penso. Gosto de te cheirar. Tens o cheiro mais bonito do mundo. Tens um cheiro inconfundível... Cheiras a amor. Qual mãe leoa, gosto que estejas sempre perto de mim. Gosto de te sentir, de te tocar. É uma emoção de cada vez que me tocas na cara. Fazes-me uma festinha na cara. Mas eu sinto-a sempre no coração. Não sei se é isto a que chamam amor de mãe. Mas sei que nunca senti isto por ninguém.♥️
15.12.18

Cartas para ti #3

Nuvem
Meu amor, Estás cada vez maior. Como é cada vez maior o meu amor por ti. A cada nova façanha tua, a cada sorriso, a cada coisa nova, parece que se abre mais o meu coração para ti. Vejo-te crescer e quero que o tempo pare. Está a ir rápido de mais. Passaste de ser o bebé que dormia quase todo o dia para aquele que mal dorme e só quer atenção e brincadeira. Que ri muito e cada vez mais. Que resmunga alto e em bom som. Que já conhece mais do que a mãe e o pai. Sei que não (...)
27.11.18

Cartas para ti #2

Nuvem
Meu amor, Ver-te chorar é mau. Ninguém nos prepara para isso. Nenhum livro nos ensina a lidar com a dor dos nossos filhos. É o sentir de uma incapacidade. É o sentir de uma inutilidade. Quando choras, e nesses olhos que são umas azeitonas tão verdadeiras, te vejo lágrimas, o meu coração pára. Ali, sei que o meu coração encolhe de cada vez que isso acontece. E o amor é isto. É ver-te sofrer e eu sofrer também. Ainda mais. Mas é também amar-te em cada lágrima. É o saber (...)
16.11.18

Cartas para ti #1

Nuvem
Meu amor, Dormes no meu peito. De braços abertos como se me abraçasses. E abraças. Abraças o meu coração com a tranquilidade com que aqui te sinto. Dormes e sonhas. Dás a tua primeira gargalhada, ainda que a sonhar. Sonhos bons é tudo o que desejo que tenhas. Sonhos bons que te façam sorrir para o resto da vida. Enquanto aqui te tenho. Também eu te abraço e te dou beijinhos pequeninos que não te acordem mas carregados deste amor que transborda. Digo-te ao ouvido que te amo. E (...)