Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

17.10.21

Ser feliz no trabalho..ou não

Nuvem
Gosto muito da minha profissão. Apesar de não ser a minha primeira escolha enquanto era aluna de secundário, rapidamente se tornou num caso de amor. Gosto muito do que faço. Dou tudo de mim em cada dia. Gosto de fazer bem tudo. Gosto de sentir que o meu trabalho contribui para ajudar a saúde de todos os utentes que por ali passam. Mas, há já algum tempo, que não me sinto feliz e realizada. Porque a equipa com quem trabalho, que me foi desiludindo pouco a pouco, deixou-me com (...)
21.09.21

O poder (de) fazer nada

Nuvem
O querer não fazer nada é um poder que cada vez mais não nos assiste. Hoje, numa sociedade de correria e em que o tempo de descanso é tão pouco, dizermos a alguém que vamos passar um sábado ou um domingo sem fazer nada é quase uma calamidade. Um erro crasso. Porque "temos de aproveitar quando está bom tempo, temos de aproveitar a vida e não deixá-la passar..." enfim, um sem número de argumentos completamente válidos, mas não reais.   Há dias em que temos mesmo de parar. (...)
30.07.21

Está quase!...

Nuvem
Uma das melhores amigas vai casar este fim-de-semana. Um casamento que já devia ter acontecido o ano passado mas, por força de um vírus que tudo mudou, estamos hoje quase quase no grande dia deles.  É a primeira das minhas melhores a casar. E sinto uma emoção tão grande... que é amor. Os melhores, os verdadeiros, também são amor. E eu tenho tanto amor por ela, que não cabe no peito a emoção que sinto por fazer parte deste dia!  Estar presente é uma prenda para (...)
23.07.21

Tudo o que é bom acaba...

Nuvem
Pois..que as férias estão a acabar e como se costuma dizer "o que é bom acaba depressa"!... Confesso que me sabiam bem mais uns dias...pais entenderão que férias com filhos pequenos, por muito que os amemos mais do que tudo, não são bem férias o descanso é pouco mas claro que sabe bem passar o dia inteiro com ele... Contudo, estamos a uma semana do casamento de uma das melhores amigas. E é uma sensação tão boa pensar que finalmente vai ter o dia que tanto sonhou e eu vou (...)
06.06.21

8 anos depois

Nuvem
Hoje . 8 anos desde que entrei pela primeira vez no hospital. Todos os dias tento lembrar-me da felicidade daquele dia, principalmente em dias que estou mais triste mais desmotivada. Naquele dia, tinha todos os sonhos do mundo. E, principalmente, tinha a esperança de conseguir aquilo que nunca sonhei: poder trabalhar ao pé de casa. Sim, inclui uma viagem de 40Km para cada lado. Mas...foi isso que me moveu para trabalhar naquela altura de forma voluntária.    Oito anos depois, sei que (...)