Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

23.10.21

A primeira vez nunca se esquece

Nuvem
Hoje, pela primeira vez, o Francisco não dormiu em casa. Foi a primeira vez, em mais de 3anos, que não dormiu aqui. Porque nunca foi preciso, e principalmente, porque ele nunca quis nem se sentiu preparado. A juntar a amamentação, nunca foi para ele opção. E sempre respeitámos isso. Por muito que houvesse dias muito cansativos e que os meus pais tentassem, ele nunca quis realmente. E respeitar o seu tempo foi sempre a nossa decisão. Há dois dias disse à avó que queria ir dormir (...)
10.09.21

5 anos!❤️

Nuvem
5 anos. 5 anos se passaram desde aquele dia que apenas confirmámos o que todos os que lá estavam sabiam: o nosso amor é especial. O nosso amor será para sempre, mesmo que o nós não o seja. 5 anos - comemoramos as Bodas de Madeira. A madeira representa a resistência e a força de um casamento feliz...   São 5anos de casados. Mas já são 16 como namorados... e sei que não há ninguém no mundo que me conheça melhor do que ele. E sei que, mesmo nos nosso defeitos, que obviamente (...)
11.07.21

Voltamos em breve!

Nuvem
Vamos hoje a caminho de uns dias a três, de verdadeiro descanso.  Uns dias que estamos mesmo a precisar e que sabemos que nos farão, com certeza, muito felizes. Acima de tudo, uns dias para criar memórias...o que realmente interessa!    
26.04.21

Querido, vamos mudar a casa-de-banho!

Nuvem
Que é como quem diz, vamos entrar em despesas! O nosso quarto é suite e a casa-de-banho é pequena mas muito gira. Contudo, os materiais que foram postos não são da melhor qualidade, nomeadamente a cabine de duche e, passados 5anos de cá estarmos, já não está nas melhores condições. Assim, decidimos investir um pouco (não fazíamos ideia que fosse tanto!!!) e decidimos remodelar a zona de duche, pôr uma base maior e fazer de parede a parede! O frontal será de vidro temperado (...)
19.04.21

Hoje o dia é Dele!♥

Nuvem
30. Hoje, o amor da minha vida, o homem por quem me apaixonei ainda menino, chega aos 30! Às vezes ainda é difícil acreditar que tive sorte. Tivemos sorte. Porque, aos 14anos, encontrámo-nos e seguimos juntos desde aí. Há 16anos, faz hoje, que estamos juntos. E todos os dias agradeço por isso. Por termos tido a capacidade de perceber que nem toda a gente tem esta sorte, de perceber que as dificuldades são passíveis de ultrapassar, desde que o amor e o respeito nunca faltem. É o (...)