Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

02.02.21

Uma semana depois...

Nuvem
  Continuamos em isolamento. Os sintomas começam a abrandar, apesar de ainda continuar a ter dor de cabeça e alguma fadiga. O olfato e o paladar estão a começar a regressar, apesar de não serem ainda constantes. Tivemos muita sorte, apesar de tudo. Os sintomas, apesar de se fazerem notar, não foram graves. Deixaram-nos estar em casa sossegados, com o Piolho. Deixaram que, entre um e o outro, conseguíssemos ter a capacidade de tomar conta de nós, sem ser preciso recorrer a hospitais. (...)
29.01.20

Do triste que são certos comentários

Nuvem
Estamos em casa desde domingo. O Piolho piorou e tivemos de ir à Urgência. Nada de muito grave, mas muita febre, falta de apetite e muita tosse que não permitem mandá-lo para a creche assim (nem o meu coração aguentava). E isto fez-me pensar na polémica que se gerou a semana passada quando foi anunciado que as baixas por assistência médica aos filhos iam passar a ser pagas a 100% e que as mães/pais se iam aproveitar disso...   Não sei como é capaz alguém de pensar tamanha (...)
21.01.20

Então, e como andamos nós?

Nuvem
Cansados. Doentes. Exaustos. O Piolho começou com febre no sábado eontem pensei que já estava melhor, mas quando o fui buscar à creche já tinha feito febre outra vez. Hoje ficámos por casa na esperança de conseguir que melhore, mas acordou com 38,6ºC A juntar a isto claro que as noites não têm sido boas e isso deixa-me mesmo de rastos. Também eu comecei a ficar doente e o meu corpo, ontem à tarde, deixou de responder. Fiquei com tonturas, mal me mexia...enfim. Claro que dou (...)
20.12.19

Quando temos o nosso filho doente

Nuvem
O meu coração fica pequeno, pequenino. Completamente destroçado. Pudesse eu trocar de lugar com ele e estaria ele aos saltos e eu de cama. Ver a tristeza da dor no olhar dele, mata o coração de qualquer pai e mãe. Devia ser proibido as crianças ficarem doentes....   Estamos e vamos melhorar!   Dias em casa para dar colo e mimo. Porque o amor...o amor cura
27.03.19

Update do Piolho

Nuvem
Começaram as dores de dentes. Que é como quem diz, estão prestes a rebentar... Tem andado rabugento, a pedir muito mimo e muita maminha. De vez em quando as dores devem ser tantas que esperneia. Dá dó de ver. Ele que não é um bebé nada chorão, acho que já chorou mais nestes últimos três dias, do que no resto da (curta) vida dele. Para ajudar, anda ainda com tosse. Que, de vez em quando, o chateia a dormir...   Pudesse eu tirar-lhe todas estas dores e o puto estava ótimo. (...)