Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

15.05.22

Dia Internacional da Família ❤️

Nuvem
Hoje é o Dia Internacional da Família. A escola do Francisco, na era pré-COVID, convidava os pais a ir passar umas horas à escola com eles. Neste momento, parece que tudo isso acabou... Este ano, propuseram fazermos uma cartolina em forma de casa e decorarmos como quisermos. Esta foi a forma que escolhemos. O Francisco escolheu as cores e usámos uma imagem de ecografia onde se vê a mão do bebé     Às vezes ainda não acredito que temos esta família incrível. Agradeço todos (...)
17.02.22

Ciúmes de irmãos

Nuvem
  Uma das perguntas que mais me fazem é se o Francisco já sente ciúmes do bebé... E a verdade, é que apesar da personalidade forte dele e de ser muito protetor em relação a mim, ele não mostra qualquer pontada de ciúme. A primeira coisa que faz quando acorda é pedir para dar um beijinho na barriga e dizer "bom dia bebé" não vai para a escola sem lhe dizer adeus e quando volta a primeira coisa a a fazer é dar novamente um beijinho... dos muitos que lhe dá até se ir deitar. J (...)
20.01.22

O amor une o que a idade separa!

Nuvem
O meu avô e o meu filho. 83 anos separam estes dois seres de luz. Nasceram em épocas tão distantes que, no seu normal, veem a vida de forma completamente distinta. Mas une-os o amor. O amor e a forma ingénua como ambos vivem. A ingenuidade normal numa criança e que, no meu avô, o torna único.  Entendem-se nas suas brincadeiras. Entendem-se no olhar. Entendem-se no amor. Vejo no olhar do mais velho o orgulho de ser bivô. O orgulho de ser bivô deste miúdo que é impossível (...)
23.10.21

A primeira vez nunca se esquece

Nuvem
Hoje, pela primeira vez, o Francisco não dormiu em casa. Foi a primeira vez, em mais de 3anos, que não dormiu aqui. Porque nunca foi preciso, e principalmente, porque ele nunca quis nem se sentiu preparado. A juntar a amamentação, nunca foi para ele opção. E sempre respeitámos isso. Por muito que houvesse dias muito cansativos e que os meus pais tentassem, ele nunca quis realmente. E respeitar o seu tempo foi sempre a nossa decisão. Há dois dias disse à avó que queria ir dormir (...)
05.10.21

3 anos do maior amor do mundo

Nuvem
  3 anos. Às vezes ainda é difícil de acreditar que o meu bebé, o bebé que tanto desejámos, já faz três anos. Têm sido três anos bastante emocionantes. Difíceis. Às vezes até desesperantes. Muito intensos. Ninguém nem nenhum livro nos prepara para o embate que e ser pais. Para  um amor arrebatador que nos consome. Para os dias de que muitas vezes parecem intermináveis.   Mas com tanto tanto amor, que sabemos que foram os melhores 3anos da nossa vida. O Francisco está um (...)