Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

10.02.19

O que se lê aqui por cima #29

Nuvem
Resumo:  "Desde sempre, Rose, ao entardecer, olhava o céu em busca da estrela da tarde. Era aquela estrela, agora que a sua memória a estava a abandonar, que lhe permitia recordar-se de quem era e de onde vinha; que a transportava para os seus dezassete anos, para uma confeitaria nas margens do Sena. Ninguém conhecia a sua história nem sequer a sua neta, Hope. Num dos seus raros momentos de lucidez sente que é importante falar-lhe de um passado longínquo, que manteve em segredo (...)
01.02.19

Leituras ao Piolho

Nuvem
Leio ao Piolho desde que ele era ainda muito pequenino, na minha barriga. Histórias da Disney. Sempre.Continuo a ler agora, não todos os dias mas muitos, enquanto está sentado no meu colo. Deixo-o ver as imagens dos livros. E observador como é, fica muito atento.Não sei se percebe ou não. Mas sei que gosta. Sei que fica sossegadinho a ouvir.Tenho já alguns livros que eram meus também na estante para lhe ler. Estamos a fazer uma coleção para ele. Da Disney Quero muito (...)
18.01.19

O que se lê aqui por cima #28

Nuvem
Resumo:  "Quando Lou Clark chega a Nova Iorque está convencida de que vai conseguir recomeçar uma nova vida e sente-se confiante para enfrentar todos os desafios, apesar dos milhares de quilómetros que a separam de Sam. Lou está determinada a aproveitar o mais possível a situação em que se encontra – vive e trabalha em Manhattan para uma família super-rica e vê-se inserida na alta sociedade nova-iorquina. E é assim que conhece Joshua Ryan, um homem que lhe traz recordações (...)
06.01.19

O que se lê aqui por cima #27

Nuvem
 Resumo: "Frederico e Paola. Dois caminhos que se cruzam. Ele acredita que o amor é como o vento: não há forma de provar que existe, a não ser pelo efeito que provoca no que toca. E ela, para quem o amor passou a ser uma ideia perdida dentro de si, à procura de uma janela para a liberdade.Conhecem-se porque o acaso conspirou para que se conhecessem, numa tarde quente em Lisboa. Carregam um passado, ele e ela. E há marcas, cicatrizes e amores que o tempo não apagou, nem pode apagar. (...)
03.01.19

Frases que ficam #12

Nuvem
Julgamos ser deuses, sempre presentes e conectados, quando na verdade controlamos pouco ou nada do essencial." Sobre o Amor, Daniel Oliveira   E é mesmo isto. De que nos interessa controlar as nossas redes sociais e a forma como agimos com as pessoas, se depois não conseguirmos controlar as nossas emoções, as nossas vivências? De que serve tudo isso se não conseguimos controlar a nossa saúde? O essencial não é visível (como dizia no Príncipezinho). O essencial está a perder-se.