Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

30.03.20

Respirar

Nuvem
Acho que o principal problema, neste momento, de quem já está fechado há mais de 15dias em casa, é o conseguir respirar. Parece que o ar é pesado, parece que tudo começa a ficar mais triste. Começam os ataques de ansiedade. Começa a ser difícil controlar os nervos.   Ontem fomos para o meio do nada. Saímos de casa pela primeira vez de carro e fomos para um terreno distante e vazio. Só com o som dos passarinhos e da água que corre mesmo ao lado. Levámos uma bola para o (...)
16.03.20

Das mães perfeitas que andam por aí...

Nuvem
  Tenho visto comentário de mães muito indignadas com outras mães e pais por estes dizerem que não sabem como vão aguentar os miúdos 1 mês (pelo menos!) fechados em casa. Essas mães tão perfeitas dizem que os pais que se queixam é porque nãop assam os fins-de-semana com os filhos e não estão habituados a ter que cuidar deles.   E nem em tempos como este a estupidez e a maldade tiram quarentena!   Eu sou uma dessas mães que se queixou e queixa. Eu sou uma dessas mães que (...)
08.03.20

Festival da Canção 2020

Nuvem
Este foi talvez o ano que menos acompanhei o Festival. Ando com pouca paciência para a TV e por isso acabei por só ver duas ou três das músicas que estavam a concorrer.     Mais uma vez, e como todos os anos, a escolha nunca é consensual. Há sempre quem adore, há quem deteste. Eu, pessoalmente, gosto. Das que ouvi, esta era mesmo a minha favorita e acho que esta versão com as duas a cantar em palco ficou ainda melhor do que na semi-final. Não é talvez o estilo da Eurovisão, (...)
17.02.20

Da paixão que não nos pode cegar

Nuvem
  Qualquer amante de futebol já disse asneiras no estádio. Já chamou este e aquele ao árbitro. Já vociferou contra os adversários. É mau? É.  É o calor do momento....É. Mas é também o deixarmos a decência e a educação fora do estádio.   Mas quando deixamos valores, aí não é só mau. É ridículo. Sou adepta mais do que confessa do FCPorto mas não escrevo isto por essa razão. Escrevo enquanto cidadã. Aquilo que aconteceu ontem em Guimarães envergonha-me. Enquanto (...)