Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

16.04.21

Pintei o cabelo..e agora?

Nuvem
Pois é...pintei o cabelo! Uma cor suave, até quase impercetível (um pouco mais acobreada que a minha) mas que faz diferença na minha auto-estima que não estava por aí além (contas de outro rosário!...).   Mas agora, o meu cabelo precisa de cuidados diferentes dos que tinha até agora! Para o cabelo pintado continuar lindo durante mais tempo, é preciso usar produtos que impeçam a perda de cor e que hidratem e nutram o cabelo. Por isso, e como sempre, procurei na Notino, (...)
30.03.21

Deixem os divórcios em paz!

Nuvem
  Os divórcios ou separações são sempre uma merda. Não há uma maneira bonita de dizer isto.. são mesmo. E atentem, a culpa é sempre dos dois. Seja qual for a razão para uma separação, nunca há só um culpado. Por isso, uma separação (quase) nunca é decidida de ânimo leve. Normalmente as pessoas tentam antes "voltar a tentar". Uma, duas vezes... Dar o passo de parar com todos os planos, conjeturas, sonhos em comum... Saber que aquilo com que se sonhou não vai acontecer dói. (...)
14.03.21

Para onde foste, imunidade?

Nuvem
Dia 25 de fevereiro fiz um teste de imunidade. Fazia um mês da infeção por covid-19. É norma do hospital quem esteve infetado fazer. E apenas um mês depois, tenha uma imunidade muito residual, quase inexistente. Estou quase tão exposta a nova infeção como quem ainda não teve. E porquê? Pois.. Não sei. E porque vos digo isto? Porque quero que não se esqueçam de ter cuidado. Quero que percebam que as normas são para ser seguidas. E que, se já tiverem dado positivo, não (...)
13.03.21

Ainda sobre o dia da Mulher...

Nuvem
Ser mulher continua a ser muito difícil. E não adianta dizer que não, a verdade é que ainda não há igualdade. Ainda há discriminação.  E sabem o que é pior? É que a maioria das vezes são as próprias mulheres a discriminar os seus pares. Nomeadamente no que toca à maternidade. Quantas de nós já se sentiram intimidades por ter horário de amamentação, por faltar para estar com os filhos doentes em casa? Quantas de nós têm de aguentar constantemente "boquinhas" por "no (...)
10.02.21

Kalifat

Nuvem
Falar desta série é falar de um murro no estômago. É falar de noites mal dormidas por, sempre que fechava os olhos depois de um episódio, ter medo. Ter medo por ser real. Por não ser só ficção. Esta é uma série sueca já do ano passado, mas que só agora durante o confinamento vimos. Tem por base, o extremismo e a devoção fanática ao Estado Islâmico. É simplesmente horrível, mas real. É talvez das séries que mais mexeu comigo; enquanto mãe, não imagino o que é saber (...)