Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nas Nuvens de Um Terceiro Andar

24.09.22

O caso das formigas

Nuvem
Não me atrevo a colocar aqui as fotografias que, acredito, já todos viram. Mas não posso deixar de falar. Ver a estado em que uma idosa está, acamada, num lar da Misericórdia, a ser totalmente infestada por formigas, é das imagens mais tristes deste país. É vergonha alheia. É sentir repulsa por seres humanos que deixam outros neste estado. Porque, convenhamos, a culpa é de todos os que por ali estão. As formigas não chegaram ali uma hora antes. Nem três... É uma situação (...)
06.12.20

Uma dor sem fim...

Nuvem
Lembro-me de ser pequenina e de a minha mãe me dizer sempre "Sabemos como saímos de casa, mas nunca sabemos se e como entramos".   Acordei cedo mas tinha-me deitado cedo também. Quando vi as notícias, ainda com a casa em completo silêncio, nem queria acreditar. Corri a abraçar o Francisco, mesmo com ele a dormir. E agora, nesta dor que acho mesmo inimaginável, penso, "Porra. Mas o que mais vaiaconecer até ao fim deste maldito ano?!".   Haverão mentes tristes que dizem "Não (...)
19.10.20

Perdemos-te.

Nuvem
Desculpem estes dias mais afastada. Mas precisei de me afastar. De respirar.   Perdemos o meu avô. Ao fim de 16anos de luta, partiu para, espero, estar mais em paz.   E dói. Mas dói mais ainda ver a tristeza no olhar do meu pai. Um olhar de quem acaba de ficar órfão. De quem já não tem pai nem mãe. De quem sente que a vida tal como a conhecia, nunca mais será a mesma.   E, de verdade, ninguém nos prepara para ver os nossos pais sofrer. Ninguém nos prepara para, nestes (...)
14.08.20

Será com certeza tarde demais...

Nuvem
O meu avô está numa Unidade de Cuidados Continuados. É doente oncológico há mais de 15 anos. Com várias intervenções  cirúrgicas pelo meio e com uma força gigante que sempre demonstrou, por agora, não há mais nada que se possa fazer, a não ser tentar atenuar a sua dor. É triste, dói, mas é a verdade. Está numa condição que precisa de cuidados permanentes, apesar de ainda ser autónomo. Todos sabemos que esta doença deixa marcas psicológicas. Que estes doentes (...)
14.05.20

A estes seres, faz-se o quê?

Nuvem
   Fomos mais uma vez confrontados com um crime que não tem explicação. Ao longo dos anos, têm sido alguns neste pequeno país. Os contornos agravam-se a cada dia que passa. tal como a incredulidade. Tal como o nojo que tenho por esta gente. Isto não são pessoas..porque nunca nos podemos comparar a este tipo de gentalha que tem, com certeza, (...)